Revista Jurídica Cognitio Juris | João Pessoa: | ISSN 2236-3009

PÁGINA INICIAL   |   SOBRE A REVISTA   |   CONSELHO CIENTÍFICO   |   DIRETRIZES   |   ENVIAR ARTIGOS   |   CONTATO

 
 EDIÇÃO ATUAL
 Sumário
 Apresentação
 Artigos
 
 CATÁLOGO
 Edições Anteriores
 Matérias
 Índice de Autores
 

 

QUARTA EDIÇÃO
 

 

Cognitio Juris
Ano II - Número 4 - Abril 2012 - ISSN 2236-3009

 

Imagem: Teatro Colón - Buenos Aires - Argentina

Apresentação

          A Revista Cognitio Juris chega ao seu quarto número com extraordinário sucesso. Além de indexada, está disponível através do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - IBICT - ISSN 2236-3009; Bibliothekssystem der Justus-Liebig-Universität Giessen - Regensburg, Alemanha; Bibliothekssystem Universität Hamburg, Alemanha; Directorio de Publicaciones científicas españolas e hispanoamericanas - Universidad de La Rioja - Fundación Dialnet; Directory of Open Access Journals - DOAJ, Lund University Libraries - Lund, Suécia; eBibliothek E-Zeitschriften - Rheinischen Friedrich-Wilhelms-Universität Bonn, Alemanha; Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal - LATINDEX; Staatsbibliothek zu Berlin; The Social Science Research Center Berlin - The WZB Wissenschaftszentrum Berlin für Sozialforschung e, também, através da Universitätsbibliothek Clausthal - Technischen Universität Clausthal.

          O rápido reconhecimento científico da Cognitio Juris é o resultado da elevada qualidade dos seus artigos e da fidelidade ao seu compromisso de estimular a produção e o conhecimento do Direito em seus diversos campos.

          Em sua quarta edição, a Cognitio Juris realça a visão tridimensional do Direito, trazendo artigos sobre Sociologia Jurídica, Filosofia Jurídica e áreas da Ciência do Direito. Como bem exposto pelo genial Miguel Reale na sua teoria tridimensional do Direito, fato, valor e norma formam uma unidade fático-axiológico-normativa, uma verdadeira trilogia, uma espécie de santíssima trindade do Direito. Cada um desses três fatores se refere aos demais e, por isso, só alcança sentido em conjunto, quando formam uma implicação dinâmica.

          Se não bastasse, os temas abordados nos artigos focam áreas de grande incidência e aplicação prática do Direito: consumidor, ambiental, trabalho, constitucional e internacional, o que nos dá a certeza de que a Cognitio Juris prosseguirá em sua missão já vitoriosa.

Sergio Cavalieri Filho

Membro do Conselho Científico

Artigos

A QUESTÃO DO MONOPÓLIO DOS CORREIOS E A ADPF 46-7 - Julian Nogueira de Queiroz - Ano II - Número 4 - Abril 2012

ANÁLISIS DE LA REALIDAD SOCIAL-JURÍDICA DE LA POBLACIÓN COLOMBIANA EN EL CANTÓN YANTZAZA, PROVINCIA DE ZAMORA CHINCHIPE - Santiago Jose Pérez Samaniego - Ano II - Número 4 - Abril 2012

APROXIMACIÓN AL CONSTITUCIONALISMO POPULAR - Daniel Eduardo Florez Muñoz - Ano II - Número 4 - Abril 2012

CONSIDERACIONES ACERCA DE LA DIRECTIVA 2004/35/CE SOBRE RESPONSABILIDAD MEDIOAMBIENTAL - Mariano H. Novelli - Ano II - Número 4 - Abril 2012

DA PROTEÇÃO AO AMBIENTE DO TRABALHO: OS NOVOS MARCOS DEFINIDORES DO RISCO NO TRABALHO - Lourival José de Oliveira;Lina Andréia Santarosa Mussi - Ano II - Número 4 - Abril 2012

EL DERECHO DESDE LA SOCIOLOGÍA Y LOS MOVIMIENTOS CULTURALES - Juan de Dios González Ibarra - Ano II - Número 4 - Abril 2012

EL INTERÉS SUPERIOR DEL NIÑO TRABAJADOR Y LA PROTECCIÓN EFECTIVA DE SUS DERECHOS EN ARGENTINA - Paula Costanza Sardegna - Ano II - Número 4 - Abril 2012

O CONCEITO DE CONSUMIDOR NO DIREITO: UMA COMPARAÇÃO ENTRE AS TEORIAS FINALISTA, MAXIMALISTA E MISTA - Markus Samuel Leite Norat - Ano II - Número 4 - Abril 2012

UM MANIFESTO PELA DEMOCRACIA - Carla Maria Fernandes Brito Barros - Ano II - Número 4 - Abril 2012

 
A Revista Cognitio Juris não se responsabiliza pelos ideários, conceitos, apreciações, julgamentos, opiniões e considerações lançados nos textos dos artigos. Os textos são de inteira e exclusiva responsabilidade de seus autores.
 

Cognitio Juris® - © Todos os direitos reservados. É permitida a reprodução total ou parcial dos artigos publicados na Revista Jurídica Eletrônica Cognitio Juris, desde que citados o(s) nome(s) do(s) autor(es) e a fonte, além de atender as normas relativas aos Direitos Autorais. Os textos são de inteira e exclusiva responsabilidade de seus autores.